Questions? Feedback? powered by Olark live chat software

Conheça 5 métricas para acompanhar no setor hoteleiro

research
  • 19 Sep
  • 2017

Bons gerentes e empreendedores precisam acompanhar o desenvolvimento de seus negócios hoteleiros e, obviamente, sua margem de lucro de maneira eficiente. Para isso, é preciso estabelecer as metas e os indicadores que possam ser comparados em determinados períodos. Algumas métricas da hotelaria indicam em que medida as estratégias de marketing, distribuição e vendas estão dando resultados.

Na indústria hoteleira, as métricas são importantes para indicar a performance das campanhas e ações colocadas em prática, oferecendo uma visão detalhada e que traz benefícios para a gestão e tomada de decisões. Ou seja, compreender os resultados de estratégias para que se possa tomar decisões de investimentos futuros com base em metas e seus objetivos.

Quer saber quais as principais métricas do setor hoteleiro? Então, vamos lá!

1. RevPar

O RevPAR vem da sigla em inglês “Revenue per Available Room”, que em português significa “Receita por quarto disponível”. Como o próprio nome diz, essa métrica serve para mensurar a receita a partir de quartos vagos.

Esta é a métrica mais utilizada e difundida na indústria hoteleira. Seu cálculo é realizado dividindo-se a receita total (e líquida) gerada nos apartamentos por dia pelo número total de quartos.

2. CAC

O Custo de Aquisição de Cliente é outra importante métrica de marketing que você pode e deve aplicar na hotelaria. Esse indicador demonstra o quanto se investe para conquistar um novo hóspede e em que medida o valor gasto tem retorno.

É uma métrica que pode ser calculada facilmente. Basta dividir a soma dos investimentos para adquirir um hóspede pelo número de hóspedes conquistados em um determinado período. Digamos que, em um mês, seu hotel investiu R$ 2.000 nas áreas de Marketing e Vendas e conquistou 10 hóspedes novos. Seu CAC é de R$ 500.

3. Indicadores Omnibees Academy

Omnibees Academy coleta e mapeia indicadores que contribuem para o acompanhamento de performance da indústria hoteleira. São informações relevantes que dizem respeito a alguns dos principais aspectos do setor.

Há indicadores como taxa de ocupação por período, antecedência de realização da reserva (Booking Pace), estadia média (em dias) e origem dos hóspedes. Com eles em mãos, é possível, por exemplo, verificar o comportamento padrão dos clientes e identificar tendências de mercado.

4. ADR

Da sigla em inglês “Average Daily Rate”, significa “Taxa Média Diária” ou simplesmente "Diária Média". A ADR calcula, então, a diária média paga por apartamento, em um dia ou por um período de tempo específico. Por isso, é importante para medir o desempenho operacional de um hotel, bem como compará-lo com seus concorrentes.

Também não há segredo para realizar o cálculo. Basta dividir a receita total de quartos pelo número de quartos ocupados. Essa métrica faz uma boa dupla com o RevPar na hora de verificar o desempenho do seu hotel. O ideal é que elas sejam calculadas juntas.

5. MPI

Se você quer se destacar entre a concorrência, precisa calcular o Marketing Penetration Index ou o Índice de Penetração no Mercado. O MPI ajuda os gerentes a compreenderem como o hotel está atuando no mercado, em relação aos outros empreendimentos. Ou seja, vai saber quantos hóspedes escolhem seu hotel em comparação com outros na mesma região.

O cálculo é feito a partir da divisão da ocupação do seu hotel pela ocupação do mercado e, depois, multiplica-se por 100. Se o resultado for maior que 100, significa que o hotel está bem posicionado no mercado. Se for inferior a 100, indica que seu hotel perde muitas reservas para seus concorrentes.

E, então, gostou de saber um pouco mais sobre as métricas no setor hoteleiro? Se você acompanhar bem o desempenho de seu hotel, poderá tomar decisões mais seguras e conquistar mais hóspedes.

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro deste e de outros assuntos relacionados!