Questions? Feedback? powered by Olark live chat software

Experiência do cliente: 7 coisas que irritam os viajantes em hospedagem

research
  • 17 Oct
  • 2017

Não é fácil conquistar a fidelização do público no ramo hoteleiro, visto que a movimentação é sazonal e pouco movida por paixão pela marca. Por isso, garantir que a experiência do cliente, no seu hotel, seja perfeita é mais do que obrigação: é necessidade.

E como sabemos que, para o seu empreendimento, é importante conquistar o coração dos hóspedes, reunimos 7 coisas que irritam os viajantes em hospedagens para que você fuja delas. Acompanhe:

1. Horários não flexíveis de check-in e check-out 

Chegar a um destino de manhã e ter que esperar até as 14 horas para fazer o check-in é desagradável. Não poder acessar o quarto, tomar um banho após uma longa viagem deixa o hóspede irritado e ainda mais cansado. 

Outra questão que não é bem vista pelos hóspedes é a necessidade de ter de realizar o check-out antes do meio-dia. Imagine o caso de um viajante a lazer tentando desfrutar das férias, relaxar e recuperar as horas de sono perdidas, mas que ainda assim, precisa se preocupar com horários para organizar sua saída.

Pensando nessas situações, saiba que ser maleável pode ser um grande diferencial. A sua cortesia certamente fará com que as pessoas se sintam acolhidas.

2. Sujeira no quarto

Qualquer hóspede que entra pela primeira vez no quarto do seu hotel e percebe que os funcionários não tiveram o cuidado necessário para retirar o lixo, arrumar os objetos de decoração ou ainda esquecer de recolher um papel do chão ficará irritado com a falta de atenção. Oriente sua equipe a não pecar em higiene e arrumação do quarto. 

3. Restrições de serviços e horários

Não oferecer café da manhã na diária pode ser um fator decisivo na conversão de reservas. Muitos hóspedes, inclusive, falam que um dos motivos para escolherem hotéis a outras acomodações é um bom café. Logo, investir em serviço de alimentação para o começo do dia é essencial.

Além disso, alerte-se também para horários inadequados. Os hóspedes não gostarão de um café da manhã curto, que termina às 9h, de uma piscina que funciona apenas duas horas por dia, ou, pior, da falta de uma recepção 24 horas, pois correrão o risco de ficarem trancados para fora durante a noite.

Assim como no check-in e no check-out, seja flexível. Afinal, você quer que as pessoas se sintam bem durante a estadia.

4. Taxa de Wi-Fi  

Oferecer Wi-Fi gratuito e de qualidade é necessário! Internet é um item que não pode faltar durante viagens, quando queremos compartilhar momentos e aventuras nas redes sociais.

Não cobre taxas diárias para acesso ou limite o uso da internet dos clientes. Aliás, o Wi-Fi pode até ser usado a seu favor: lembre-se de que é com ele que os hóspedes publicarão as fotos no Instagram marcando seu hotel e postarão o "check-in" no Facebook.

5. Tomadas mal distribuídas no quarto

O viajante precisa sempre manter o celular e laptop carregados. Então, ofereça as tomadas na quantidade e localização corretos. Imagine ter que acordar de madrugada para tirar um aparelho da tomada para plugar outro. Ou pior: ver que as tomadas do quarto não são compatíveis com as de seus aparelhos eletrônicos.

Portanto, invista na modernização dos quartos, deixando-os preparados para as demandas tecnológicas.

6. Chuveiro ruim

Um chuveiro pequeno, que distribui pingos de água em vez de uma ducha agradável, ou, então, um box lindo e confortável, mas que só funciona com água gelada, são problemas que impactam e muito na experiência do viajante.

Chuveiros mais largos, de fácil manuseio e que permitam trocas de temperatura a gosto do usuário são indispensáveis para garantir o sucesso da experiência do cliente no seu hotel, que poderá relaxar com um bom banho.

7. Mau atendimento

Pior que o desapontamento com as condições físicas do prédio do negócio é a impressão negativa que o cliente pode levar por causa de mau atendimento.

Portanto, treine sua equipe! Somente com uma boa receptividade é que os profissionais do hotel poderão proporcionar uma ótima experiência aos viajantes. E lembre-se: não faça distinção entre os hóspedes. Independentemente de quanto as pessoas paguem pela diária, todas merecem a mesma cordialidade.

Agora, você está pronto para garantir a qualidade na experiência do cliente e fazer seu hotel se destacar dos demais. Gostou das dicas? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais!