Marketing para hotéis: como imagens e vídeos podem ajudar a vender?

O marketing para hotéis tem nas imagens e vídeos duas grandes mídias de divulgação. No caso de ações voltadas para o turismo privado, é importante observar que fotos de locais turísticos e de belezas naturais facilitam o engajamento do público. De fato, as pessoas são mais propensas a compartilhar e curtir esses conteúdos, em comparação aos de uma empresa de serviços contábeis, por exemplo.

Mas, mesmo no caso das viagens de negócios, as instalações do hotel são uma preocupação dos potenciais hóspedes que, principalmente quando estão viajando pela primeira vez para um lugar, não dispõem de outro recurso para ter uma ideia do conforto que será oferecido e nem uma boa referência de comparação de preço.

Isso significa que, sem publicar imagens, o hotel corre o risco de não ser cogitado pelos hóspedes em potencial que encontram o estabelecimento nas suas pesquisas, pois eles preferem os que têm fotos. Mas os ganhos não param por aí. Continue lendo para entender melhor o poder dessas ferramentas no marketing para hotéis.

Quais as mídias disponíveis?

A primeira coisa que precisamos ter em mente é que os recursos disponíveis nunca favoreceram tanto a publicação desse tipo de mídia. Algumas décadas atrás era complicado publicar uma simples foto de qualidade. Isso poderia deixar o carregamento da página demorado, favorecendo que o visitante desistisse da navegação.

A tecnologia atual, somada à ampliação da rede de banda larga, possibilita uma versatilidade muito maior. Aliás, a evolução continua. Dispositivos como os óculos de realidade virtual tendem a ganhar mercado. Por isso, a tendência é a de criação de ambientes online cada vez mais realistas.

Hoje, já é possível criar uma sensação bem próxima da que vivemos presencialmente. Com o uso de fotos em 360°, das comuns, vídeos e slides, você consegue proporcionar uma visualização muito realista do ambiente. Isso transmite maior segurança ao visitante e, desse modo, facilita a conversão de vendas.

Como o cliente compra?

A maioria dos ramos de atividade precisa se adaptar aos novos hábitos de pesquisa do consumidor. Ele tem muita informação disponível em qualquer lugar e horário e, dificilmente, compra algo sem fazer uma consulta online. No setor hoteleiro, esse hábito é ainda mais forte. Afinal, o processo de compra sempre ocorreu à distância.

Para dominar as atividades de atração e conversão dessas oportunidades de negócio, é preciso entender que os hóspedes em potencial precisam ser estimulados na sua jornada de compra. Então, seu primeiro passo é assimilar como eles compram e desenvolver um modelo de atendimento que os estimulem nessa caminhada.

Além de atraí-los para o seu site ou blog, é necessário disponibilizar conteúdos que, ao serem acessados, incentivem que eles avancem para o estágio seguinte — o que é chamado de nutrição de leads no marketing digital. No caso dos hotéis, as imagens e vídeos podem ajudar muito nessa tarefa, pois promovem esse estímulo com uma simples visualização, sem a necessidade de longas leituras e interpretações.

Um melhor resultado é obtido quando você disponibiliza conteúdos adequados e no momento certo. É fundamental garantir que todos encontrem a informação que precisam e, como dissemos, se sintam estimulados a avançar até a ação de compra. Isso vale tanto para o visitante curioso sobre a sua região quanto para aquele decidido a se hospedar.

Como alinhar as atividades de atração e venda?

Para que a estratégia funcione, é importante que todos trabalhem unidos em torno dela. Como a efetivação da venda e a atração de potenciais hóspedes são complementares e costumam envolver equipes, elas precisam ser alinhadas para criar sinergia.

Esse alinhamento costuma ser chamado de smarketing e envolve o estabelecimento de metas comuns de conversão, muita troca de informação entre os envolvidos e, principalmente, um acordo bem definido que facilite o foco em clientes qualificados, prontos para comprar. Obviamente, toda essa atividade do marketing para hotéis funciona muito melhor com informação de qualidade.

Por isso, separamos para você um artigo que traz 4 insigths de Business Intelligence na distribuição hoteleira para alavancar as vendas. Confira agora mesmo para complementar o conhecimento que adquiriu ao ler este post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *